Quanto ganha um médico? Confira a média salarial de dez especialidades no Brasil

Segundo dados da Pesquisa Salarial e de Benefícios da Catho, diversas áreas da medicina clínica têm remuneração acima de R$ 10 mil

Aldo Murillo/CapturaTempo para formação em Medicina no país é de seis anos

Em tempos de novos planos do governo federal para a saúde pública, muito se falou sobre os rendimentos dos médicos no Brasil. A Catho realiza a Pesquisa Salarial e de Benefícios e divulga a média das remunerações dos setores. Segundo os dados, diversas especialidades têm remuneração acima de R$ 10 mil.

O tempo para a formação em Medicina é de seis anos. Após esse período, o médico pode optar por especialidades que necessitam de formação específica, programas de residência médica cujo tempo varia de acordo com a área escolhida.

Confira os salários médios no Brasil de dez especialidades da medicina clínica de acordo com a pesquisa da Catho:

Pediatria
O profissional é responsável, entre outros, por formular diagnósticos, prescrever e aplicar tratamentos para cura ou prevenção de doenças em crianças e adolescentes. 

Salário médio do médico pediatra no Brasil: R$ 2.783,78

Cardiologia
O cardiologista é responsável pelo diagnóstico e tratamento de doenças relacionadas ao coração e ao sistema circulatório.
 
Salário médio do médico cardiologista no Brasil: R$ 4.524,67

Ginecologia e Obstetrícia
O foco é o atendimento clínico ginecológico, com tratamento de doenças do sistema reprodutor feminino, útero, vagina e ovários, e realização de partos.

Salário médio do médico cardiologista no Brasil: R$ 6.711,92

Radiologia
O especialista realiza ou supervisiona e interpreta exames radiológicos, analisando os resultados finais, além de elaborar rotinas para preparo de pacientes de acordo com a natureza do exame a ser realizado, a fim de evitar complicações e intercorrências.

Salário médio do médico radiologista no Brasil: R$ 8.397,24

Endocrinologia
Especialidade médica que cuida dos transtornos das glândulas endócrinas, que secretam os hormônios no sangue. Por isso, os médicos endocrinologistas avaliam, por exemplo, problemas relacionados a disfunção sexual, alterações do crescimento, diabetes, doenças de tireóide e da hipófise, entre outros.

Salário médio do médico endocrinologista no Brasil: R$ 4.908,22

Dermatologia
O médico deve formular diagnósticos, prescrever e aplicar tratamentos para cura ou prevenção de doenças, infecções e afecções na pele.

Salário médio do médico dermatologista no Brasil: R$ 8.937,24

Neurologia
O neurologista diagnostica doenças e lesões orgânicas do sistema nervoso. O especialista investiga e trata distúrbios neurológicos.

Salário médio do médico neurologista no Brasil: R$ 6.054,58

Oncologia
Especialidade que  estuda os tumores, que podem ser benignos ou malignos, a partir da interpretação de dados de exames clínicos e complementares, visando os diagnósticos. O profissional conta com o auxílio de outras especialidades na busca por soluções de prognósticos e tratamentos.

Salário médio do médico oncologista no Brasil: R$ 8.567,56

Psiquiatria
O médico deve formular diagnósticos, prescrever e aplicar tratamentos para cura ou prevenção de doenças psíquicas, sejam elas de cunho orgânico ou funcional.

Salário médio do médico psiquiatra no Brasil: R$ 5.747,84

Ortopedia
O ortopedista atende pacientes para tratar e corrigir enfermidades, lesões e deformidades ósseas, dos tendões, dos músculos, articulações e ligamentos.
 
Salário médio do médico ortopedista no Brasil:
R$ 9.420,88

Hematologista
Especialidade que se ocupa de tudo o que está relacionado com o sangue, seus componentes e funções. Trata pacientes e inclui ações de prevenções de doenças como anemias, leucemias, tromboses, linfomas, entre outras, hereditárias e/ou adquiridas.

Salário médio do médico  ortopedista no Brasil: R$ 8.623,50

Leia mais
>> Novas diretrizes curriculares de medicina entram em vigor
>> Programa Mais Médicos abrirá 10 mil vagas para atuar em áreas carentes

cadastre-seu-curriculo-pense-empregos cadastre-suas-vagas-pense-empregos

Pense Empregos
Comentários: